O que é Bitcoin – Entenda como funciona a moeda

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Muito se fala da moeda Bitcoin, e muitas vezes, não entendemos que se trata de uma moeda comum, com algumas características especiais.

É unanimidade entre os empreendedores que lançaram o BitCoin no Brasil, dizer que Bitcoin é uma solução para várias coisas, ou seja, com certeza ele irá atender alguma demanda financeira sua e também a demanda de outra pessoa com o perfil completamente diferente, nos próximos parágrafos tentarei abordar o vasto ecossistema do Bitcoin.

Só para termos uma ideia da valorização da criptomoeda, em 2009, cada bitcoin valia menos de US$ 1 (um dólar). Em 2014, cada moeda chegou a valer mais de US$1000,00. No ano de 2017, triplicou o valor das moedas.

A grande tendência é que o Bitcoin continuará crescendo.

E isso: tem chamado a atenção de investidores que estão conseguindo alto retorno em Bitcoin. Hoje em dia, existem dezenas de moedas digitais, que surgiram como alternativas e que ganham força graças a valorização do bitcoin.

Se busca um tipo de investimento seguro, eu recomendo o Tesouro Direto Descomplicado.

O que é Bitcoin?

Bitcoin (símbolo: ฿; abrev: BTC) é uma moeda como outra qualquer. No entanto, a diferença começa pela sua presença. Ela não existe no mundo físico, apenas no virtual.

Ela é produzida de modo descentralizado por milhares de computadores. E pode ser transferido por um computador ou celular, sem ser necessário ter um banco como intermediário.

Vou citar um exemplo:

Hoje para você entregar R$ 50,00 para sua mãe é muito fácil, você abre sua carteira e entrega os cem reais diretamente a ela, ou seja, neste caso não houve um intermediário entre ela e você.

Mas, e se você não mora mais na mesma cidade que sua mãe, e precisa enviar a ela 100 reais, como fazer?

Basta fazer uma transferência bancária, DOC ou TED, neste caso o banco é o intermediador entre você e sua mãe, e por isso ele cobra uma tarifa bancária para esse serviço, já que não é possível você enviar diretamente o dinheiro para sua mãe.

Com o Bitcoin, agora é possível, você não precisa mais pagar R$ 7,00 para enviar uma TED, basta você e sua mãe terem uma carteira Bitcoin, desta forma você enviará Bitcoins da sua carteira para a carteira da sua mãe, sem taxas.

Por ser descentralizado, uma das características do Bitcoin que diferencia a moeda física, é que seu uso garante o anonimato das transações.

O que é Bitcoin?

O Bitcoin é uma moeda virtual que não tem nenhuma instituição financeira responsável, cujo pagamento é realizado diretamente entre os envolvidos.

Por não ter um intermediador, o governo não pode estimular inflação, nem nenhuma instituição financeira pode cobrar taxas, etc.

BitCoin no mundo

Se você já operou no mercado de ações, então utilizar o Bitcoin como forma de investimento ou especulação é muito fácil, e se você nunca operou neste mercado, o Bitcoin pode ser muito útil, pois é muito fácil comparado com o mercado de ações.

Equiparando com o mercado de ações esta afirmativa também é válida, há vários sites e empresas no Brasil e no mundo que permitem as pessoas investirem em Bitcoin, comprando na baixa e vendendo na alta.

Diferentemente do mercado de ações aonde existe uma BOVESPA, corretoras de valores, instituições financeiras e corretores que acabam cada um “mordendo” um pouco do seu dinheiro para operar na bolsa de valores, no mundo do Bitcoin isso não existe.

Você pode perfeitamente compra e vender Bitcoins diretamente para seus amigos, ou no máximo, quando precisar de agilidade e liquidez, procurar uma empresa que possua um site, aonde várias pessoas a utilizam para comprar e vender Bitcoin, são os chamados mercados de Bitcoins, aonde as comissões cobradas são bem menores que as praticadas no mercado de ações.

Como utilizar Bitcoins

Como eu havia falado, é possível realizar a transferência de valor, de uma pessoa para outra, sem a utilização de intermediários, sem a intermediação de bancos.

Uma vez que o Bitcoin é descentralizado, ele não possui dono, empresa ou servidor central, não é possível o FBI ou qualquer governo desligar o Bitcoin.

Ao utilizar o Bitcoin não há cobrança de anuidade, mensalidades ou taxas abusivas ao realizar uma transferência (a pessoa poderá optar por pagar uma pequena taxa (fee) da transação para que ela ocorra de forma mais rápida, por exemplo pagar R$ 0,005 – meio centavo de real).

Sua utilização é simples, a pessoa pode simplesmente baixar o software (https://bitcoin.org/en/download) e já receber e enviar Bitcoins para outras pessoas que também possua uma carteira de Bitcoins (assim como no mundo real, aonde guardamos nossas notas de reais na carteira, o bitcoin é armazenado em carteiras – wallet).

Caso não tenha interesse em baixar uma carteira, é possível criar conta em diversos sites, podendo acessar pela internet ou celular.

Avalie este post
Share.

About Author

Rodrigo Dionisios

Rodrigo é um jovem de 24 anos que trabalha exclusivamente comprando e revendendo produtos dos Estados Unidos no Brasil. Abandonou seu emprego de frentista para trabalhar exclusivamente com importação. Decidiu criar este blog para ajudar outras pessoas a trabalharem em suas casas, trabalhando com importação.

Leave A Reply