Como importar suplementos alimentares para revender

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Como importar suplementos alimentares

Muitas pessoas procuram sobre como importar suplementos alimentares para revender. A verdade
é que este segmento é realmente lucrativo e descomplicado de importar.

Suplementos alimentares são um grande negócio para quem quer fazer revenda, principalmente pela grande demanda nacional de produtos de qualidade.

Neste artigo, não vou falar exatamente sobre como abrir uma empresa, nem nada relacionado a este assunto. No entanto, esta é uma exigência estipulada pela Receita Federal. Caso você queira entender como funciona todo o processo de importação e como se formalizar, eu indico este curso.

O que são suplementos alimentares?

Suplementos alimentares são preparações que ajudam a complementar a dieta de praticantes de esportes, como musculação e natação. Elas proveem vitaminas, fibras, aminoácidos, proteínas que podem estar faltando em uma alimentação desses atletas.

 

Entendo os lucros antes de Importar suplementos alimentares

Já imaginou atingir ganhos superiores a R$ 15 mil reais com importação de suplementos alimentares?

Você pode atingir facilmente com Whey Protein, BCAA, Glutamina e Creatina. Seu custo nos Estados Unidos, direto com os fornecedores, podem chegar a 80% menores do que os preços praticados no Brasil.

BCAA com 60 cápsulas custa apenas R$17,64! 

 

Um produto como bcaa da Optimum (Uma das melhores marcas do mercado), não sairia por menos de 90 reais no Brasil. Entende a oportunidade?

Além do BCAA, você encontra muitos outros produtos desejados por praticantes de musculação. Como você já sabe, o Whey Protein é o principal produto e o mais consumido nas academias. Veja só os preços do Whey Protein da Optimun.

 

Para quem conhece, um Whey Protein da Optimum, não sai por menos de 250 reais. Você pagaria apenas R$89,94 por cada unidade.

Glutamina

 

O preço da Glutamina também sai muito em conta. Você compra por apenas 21 reais. Nas lojas brasileiras, você compra por 78 reais.

 

Cuidado com substâncias não liberadas pela Anvisa

Algumas substâncias não são liberadas para consumo pela ANVISA, e portanto, não é permitido seu uso ou revender dentro do território nacional. É o caso de suplementos como Jack3d, e outros cuja fórmula não foram liberados pelo órgão.

Busque fornecedores confiáveis

Ter fornecedores confiáveis e ter a certeza de que irão entregar seu produto após a compra é primordial.

 

Curso completo sobre como importar

O primeiro passo para começar a revender produtos é saber como importar. Neste curso, você aprenderá como importar e quais são os principais cuidados que se devem tomar, para ter sua mercadoria entregue.

Este curso é ministrado pelo Filipe Barcellos, e te ensina passo a passo como importar suplementos alimentares, roupas de marca, calçados, shampos e até tênis de marca. Todos os produtos originais e com nota fiscal. Recomendo fortemente assistir o vídeo abaixo.

 

 

 

 

 

 

Como importar suplementos alimentares para revender
5 (100%) 3 votes
Share.

About Author

Rodrigo Dionisios

Rodrigo é um jovem de 24 anos que trabalha exclusivamente comprando e revendendo produtos dos Estados Unidos no Brasil. Abandonou seu emprego de frentista para trabalhar exclusivamente com importação. Decidiu criar este blog para ajudar outras pessoas a trabalharem em suas casas, trabalhando com importação.

Leave A Reply