VEJA CUIDADOS COM O CPF PARA NÃO SER VÍTIMA DE FRAUDE

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Avalie este post
O número do seu CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) permite que estabelecimentos comerciais e instituições bancárias tenham acesso a informações em um banco de dados gerenciado pela Secretaria da Receita Federal.O documento é importante para a abertura de conta corrente, aquisição de cartão de crédito, abrir crediários, solicitar empréstimos ou financiamentos. Sem o CPF ou com o nome sujo na praça, a pessoa física passa a ter dificuldades na obtenção de crédito, outra dificuldade que muitos consumidores passam é o problema com a situação cadastral do cpf suspenso, que pode ser regularizada pelo site da Receita Federal .

Daí vem a importância que cada um tome alguns cuidados básicos em relação a esse documento de identificação. De acordo com dados da Serasa Experian, a cada 15 segundos um consumidor sofre alguma tentativa de fraude através do roubo do número do CPF.

CPF: cuidado com golpes e fraudes

Os golpes estão por toda a parte. Com um CPF roubado, o fraudador pode solicitar emissão de cartões de crédito, fazer compras e abrir uma conta corrente. “Os golpistas usam os dados das vítimas para obter talões de cheque, cartões de crédito e empréstimos bancários”, alerta o presidente da Serasa Experian, José Luiz Rossi.

“Esses cheques e cartões são utilizados nos mais diversos estabelecimentos “, conta. “As vítimas, muitas vezes, acabam tendo os nomes incluídos em cadastros positivos como SPC e Serasa graças aos golpes”, lamenta.

Para não ser vítima desse tipo de golpe, o consumidor precisa estar atento a algumas dicas de utilização do CPF. “As armadilhas são muitas. O consumidor precisa ter atenção redobrada quando está lidando com a solicitação de informações”, recomenda Luiz Rossi.

Veja dicas básicas para proteger o documento:

  • Não forneça dados pessoais para estranhos.
  • Não forneça ou confirme suas informações pessoais ou número de documentos por telefone.
  • Não perca de vista os documentos de identificação quando solicitados para protocolos de ingresso em determinados ambientes.
  • Não informe os números dos documentos em preenchimentos de cupons para participar de sorteios ou promoções de lojas.

CPF: cuidados em tempos de internet

Com o aumento das transações online realizadas por meio de sites e aplicativos de smartphones, o número de fraudes tem aumentado e é uma preocupação a mais para o consumidor.

O primeiro cuidado que o consumidor deve ter é manter sempre o antivírus do computador atualizado, diminuindo os riscos de ter seus dados pessoais roubados. O consumidor só deve fornecer o CPF em sites de confiança e com chaves de segurança.

Além disso, informações em redes sociais ajudam os golpistas a se passarem por você. A dica é evitar divulgar informações pessoais e manter esses perfis fechados, permitindo a visualização apenas por pessoas conhecidas.

Em caso de CPF roubado

O Código de Defesa do Consumidor está do lado do consumidor em casos de golpes e fraudes comprovadas. Se o consumidor é vítima de roubo, o primeiro passo é fazer um boletim de ocorrência informando a perda e roubo do CPF.

Ele pode ainda cadastrar a ocorrência gratuitamente na base de dados da Serasa Experian. Esse cadastro informa lojas e bancos que seu CPF foi roubado, em caso de consultas para liberação de créditos.

Share.

About Author

Leave A Reply